Os valores dos prejuízos (dos incêndios em Barcouço no passado mês de agosto) reclamados, este mês de setembro, pelos candidatos ao “Fundo Extraordinário de Intervenção Social”, foram superiores a cem mil euros, levando a que o executivo camarário da Mealhada tenha reunido, extraordinariamente, na manhã de 28 de setembro, para deliberar a aprovação de cerca de 107.500 euros. Foram oito as candidaturas apresentadas, tendo todas reunido as condições para serem deferidas.

Recordamos os nossos leitores que “os incêndios que deflagraram na freguesia de Barcouço, no mês de agosto, provocaram alguns prejuízos em entidades privadas e particulares, tendo a Câmara da Mealhada deliberado ativar o ‘Fundo Extraordinário de Intervenção Social’, aprovado em Assembleia Municipal no ano de 2014”.

Leia mais em http://www.bairradainformacao.pt/2017/09/05/afetados-pelos-incendios-de-barcouco-podem-candidatar-se-a-fundo-extraordinario/