Depois das atuações de Axé Brasil e Samba Lêlê, na noite de ontem, hoje, sábado, dia 16 de setembro, sobem ao palco do Festival de Samba da Mealhada, nove escolas de samba: quatro que desfilam nos corsos do Carnaval Luso Brasileiro da Bairrada e cinco provenientes de diversos “Carnavais” de todo o país. A entrada é livre.

Pelo segundo ano consecutivo o evento acontece no centro da cidade, junto à Câmara e Jardim Municipais da Mealhada. “Connosco (esta direção) tudo o que acontece, acontece no centro da cidade da Mealhada. Para além disso, no ano passado correu muito bem”, declarou, recentemente ao «Bairrada Informação», Alexandre Oliveira, presidente da direção da Associação de Carnaval da Bairrada (ACB), referindo-se à localização do evento, que se realiza há cerca de duas décadas e que marca o início dos preparativos do Carnaval da Mealhada, neste caso para o ano 2018.

Hoje, sábado, é a noite mais aguardada com a subida ao palco, a partir das 21h 30m, das quatro escolas de samba que desfilam nos corsos do Carnaval Luso Brasileiro da Bairrada – Amigos da Tijuca (de Enxofães, concelho de Cantanhede), Batuque (Mealhada), Real Imperatriz (Casal Comba) e Sócios da Mangueira (da Póvoa da Mealhada) – e também das escolas provenientes de todo o país: Trepa Coqueiro e Vai Quem Quer (de Estarreja), Charanguinha (de Ovar), Novo Império (da Figueira da Foz) e Bota no Rego (de Sesimbra).

A atriz Inês Simões fará a apresentação das escolas participantes e o músico Nuno Bastos será o responsável pela animação “noite dentro”. “Trazer uma figura pública, tal como aconteceu no ano passado com a apresentadora de televisão Raquel Loureiro, leva ainda mais longe o nome do Carnaval da Mealhada, que é o que se pretende”, declarou ainda, ao nosso jornal, o dirigente.

No recinto há bares “explorados” pelas escolas de samba “da casa”.

 

Imagem: Facebook “Inês Simões Oficial”