A VIII.ª Mostra de Sabores e Saberes da Nossa Terra começou, ao final da tarde de 24 de agosto, em Ventosa do Bairro. O certame, orçamentado em dez mil euros e organizado pelo executivo da Junta da União das Freguesias da Mealhada, Ventosa do Bairro e Antes, “dará vida” ao Largo do Areal, até ao próximo domingo, dia 27.

Com o objetivo primordial “de dar a saborear os pratos típicos da gastronomia da nossa terra e mostrar o artesanato”, João Santos, presidente da Junta da União de Freguesias, explica que “esta é uma festa muito intimista, dirigida para todas pessoas, mas em especial para as de Ventosa do Bairro”.

“É um ponto de encontro das pessoas de Ventosa, dos emigrantes e de toda a freguesia”, acrescentou ainda o autarca, aquando da cerimónia de inauguração da Mostra, que conta com dez expositores de artesanato e comércio e dois de gastronomia.

“Fernanda Ferreira, Leontina Dias, Carla Cruz, Docealhada, Luzia Cerveja Artesanal, NJovem, Ilda Morais, Conceição Azevedo, Manuel Barreto e Fazemos Nós” são os nomes dos artesãos e comerciantes presentes. Já o Centro Paroquial de Solidariedade Social de Ventosa do Bairro e o Rancho Infantil e Juvenil de Ventosa do Bairro são os responsáveis pelas Tasquinhas durante os quatro dias de “festa”.

“Tentamos sempre que os artesãos sejam do concelho e estes são todos provenientes de localidades da União de Freguesias”, referiu João Santos, que vê no investimento de “dez mil euros” para a realização do certame “uma mais valia para Ventosa, Antes e Mealhada, mas também para todo o concelho”. “Estas Tasquinhas estão sempre cheias os quatro dias”, garantiu ainda, ao «Bairrada Informação», o presidente da Junta de Freguesia da União.

O autarca enalteceu o certame que vai na sua oitava edição, afirmando que “é uma festa que deve ser para continuar e se possível melhorar”. “Só ainda não a alargamos mais porque o espaço do Largo não permite”, lamentou, na cerimónia de inauguração, onde não faltaram as “4 Maravilhas da Mesa da Mealhada” e o tradicional brinde com espumante.

“E porque o certame exige animação”, na primeira noite subiu ao palco a fadista lusense Edna Costa, seguida do “disc-jockey” Freitas. Já esta noite de sexta-feira, dia 25, a festa segue com o grupo Sigó-Baile; no sábado, com a Orquestra Desigual da Bairrada; e no domingo, último dia, realizam-se as marchas do Centro Paroquial de Solidariedade Social de Ventosa do Bairro, o Rancho Infantil e Juvenil de Ventosa do Bairro, terminando o evento com o Karaoke Kanta & Dança.