O concelho da Mealhada prepara-se para “abraçar” a modalidade do basquetebol. O primeiro grande passo foi dado, na manhã de 5 de julho, com a assinatura de dois protocolos: um entre a Câmara Municipal da Mealhada, a Federação Portuguesa de Basquetebol e a Associação de Basquetebol de Aveiro, para implementação da modalidade no concelho da Mealhada; e outro entre a Federação e o Grande Hotel de Luso. Agora, apenas fica a faltar a associação, clube ou organismo que o queira “albergar”.

“Com estes protocolos queremos aumentar a prática desportiva juvenil, mais concretamente a federativa de basquetebol”, começou por dizer Manuel Fernandes, presidente da Federação Portuguesa da Basquetebol, na conferência de imprensa que se realizou na manhã de 5 de julho. “Por outro lado, queremos fazer do Grande Hotel de Luso a unidade de referência para estágios nesta zona”, enalteceu.

O presidente da Federação Portuguesa de Basquetebol garantiu ainda que “em Aveiro, a seguir ao futebol, é o basquetebol a modalidade que mais tem expressão”. “É bom construirmos em conjunto, o aparecimento do basquetebol federado no concelho da Mealhada”, referiu o dirigente, que lançou o alerta: “Falta encontrar quem coordene o projeto e a estrutura que seja o seu suporte base. Mas estamos a trabalhar para que na época 2017 – 2018 isso seja já uma realidade”.

Rui Marqueiro, presidente da Câmara Municipal da Mealhada, começou por dizer que “há muitos anos que o Pavilhão do Luso é um caso sério de dinamização desportiva”. “E assim como temos, no município, o futebol, o hóquei em patins, o futsal, o andebol, e muitos outros, tinha o desgosto de não termos o basquetebol”, disse o edil.

O autarca manifestou-se “contente” e “convicto de que haverá clubes interessados no basquetebol ou até mesmo vontade de que seja criado um novo”. “Da parte da Câmara já sabem que podem contar com tabelas, bolas e tudo o que precisarem, inclusive reforçar os recursos humanos com mais um ou dois elementos”, referiu.

“Hoje temos pavilhões em praticamente todas as freguesias que nos permitem ter o basquetebol e organizar equipas masculinas, mas também femininas, porque somos totalmente favoráveis à igualdade do género”, disse ainda o autarca, concluindo: “Sou do tempo em que se jogava basquetebol em frente à Câmara Municipal da Mealhada com o mestre João Pega…”.

Presente esteve também João Carlos Ribeiro, presidente da Associação de Basquetebol de Aveiro, que se manifestou “muito agradado” com o facto de ver o “embrião do basquetebol ‘nascer’ no concelho da Mealhada”. “O distrito de Aveiro está muito bem representado e esperamos ver também aqui equipas masculinas e femininas”, acrescentou.

O presidente do conselho de administração do Grande Hotel de Luso, João Dinis, disse: “Este protocolo vem reforçar a estratégia que o Hotel tem feito para albergar as equipas e seleções de várias modalidades. Estamos disponíveis para colaborar, promover o basquetebol e ajudar, assim, o trabalho da Federação”.

E sobre o Hotel, Pinto Alberto, diretor de competições na Federação, designou-o de “quartel general” do basquetebol, onde a seleção estará até dia 16 de julho. “Tem todas as condições para que uma selecção aqui permaneça”, elogiou.

No final, os atletas da Seleção Nacional de Basquetebol rumaram ao Bussaco para a plantação de uma árvore.