Na noite da passada terça-feira, dia 6 de junho, um homem, com cerca de trinta anos de idade, foi atropelado no Itinerário Complementar 2, no centro da cidade da Mealhada, por uma viatura ligeira, poucos minutos passavam das 23 horas. O ferido, considerado “grave”, foi transportado para o Centro Hospitalar da Universidade de Coimbra.

Eram 23h 09m desta terça-feira, quando na antiga Estrada Nacional 1, mesmo em frente ao quartel dos Bombeiros Voluntários da Mealhada, o barulho de um embate fez com que os elementos do quartel se insurgissem na rua.

Cá fora, o cenário era o de uma viatura ligeira de passageiros, que tinha embatido num peão. “Desconhece-se se esta vítima estaria, ou não, na passadeira na altura do embate. Estava, contudo, perto da passadeira do meio daquele troço de estrada”, explicou, ao «Bairrada Informação», José Duarte, 2.º Comandante da corporação mealhadense.

“A via esteve cortada no sentido Norte – Sul durante vinte minutos”, disse ainda o 2.º Comandante dos Bombeiros da Mealhada, que no local estiveram com dois elementos e apoio de uma viatura do Instituto Nacional de Emergência Médica e da Guarda Nacional Republicana. “Apesar de no registo estar o número oficial de bombeiros que era necessário para a ocorrência, como o acidente aconteceu junto ao quartel, estiveram bem mais elementos caso fossem precisos”, acrescentou.

Do acidente resultou, segundo José Duarte, um “ferido grave, do sexo masculino, com idade dos trinta aos trinta e cinco anos, que foi transportado para o CHUC”, de onde teve alta na manhã de quarta-feira.