Foi a 9 de maio, há noventa e sete anos, que foi assinada a “escriptura” da Sociedade Recreativa e Musical chamada de “Filarmónica Pampilhozense” com sede na Escola Primária da “Pampilhoza do Botão”, pelo seu primeiro presidente da direção, o professor Guilherme Ferreira da Silva. E, mais uma vez, “esta Associação irá festejar condignamente esta efeméride”, com os festejos a decorrerem nos próximos dias 20 e 21.

“No sábado iremos organizar a Festa das Sopas, com dez sopas ofertadas por amigos que tiveram a amabilidade de ajudar esta Associação, a partir das 19h 30m na nossa sede. A animação será da responsabilidade do nosso amigo Rocha”, explica Daniel Vieira, atual presidente da direção da Filarmónica Pampilhosense.

“No domingo, ponto alto dos nossos festejos, iremos receber a nossa congénere, a Sociedade Filarmónica Lealdade União Ribeirense, Ribeira Ruiva, da freguesia de Ribeira Branca, em Torres Novas. A partir das 15h 30m efetuará, com a nossa Banda, um desfile desde o Largo do Garoto até à sede da Filarmónica, onde decorrerão os concertos a partir das 16h 30m, sensivelmente. Será a Festa da Filarmonia”, acrescenta ainda o dirigente.

 

Imagem de congerdesign (pixabay.com)