É oficial: Rui Marqueiro recandidata-se à Câmara da Mealhada e “leva” consigo a atual presidente da Assembleia Municipal, Daniela Esteves. Arminda Martins será diretora de campanha, conforme aconteceu em 2013, e Guilherme Duarte, atual vice presidente, mantém-se no executivo, não adiantando se mantém, ou não, a restante equipa. Apresentados estão já, e desde dia 8 de maio, os seis presidentes de Junta.

“Comigo só há política com valores”

“Reconheço nestes candidatos cidadãos exemplares, honestos e éticos. Comigo só há política com valores”, declarou Rui Marqueiro, na conferência de imprensa, que se realizou ao final da tarde da passada segunda-feira, num empreendimento turístico em Sernadelo.

“É fácil ser presidente de Câmara com estas pessoas que estão aqui ao meu lado. O difícil é concretizar tudo o que eles ambicionam”, continuou o recandidato à Câmara Municipal da Mealhada, nas próximas autárquicas, garantindo que “é impossível colocar os recursos humanos da Câmara a trabalhar mais do que aquilo que já fazem”.

E o trabalho, segundo Rui Marqueiro, estende-se aos quatro membros do executivo municipal pelo Partido Socialista. “Convido qualquer munícipe a acompanhar o trabalho imenso que fazemos. Eu estive cá nos anos noventa e posso garantir-vos que o que se faz hoje é de uma diferença brutal, e para pior, ao nível de burocracias e com as novas tecnologias. Acho até que o Simplex ainda me trouxe mais papéis”, garantiu Marqueiro.

Questionado, e depois de muito se ter comentado a citação de Rui Marqueiro, aos jornalistas, em fevereiro passado, de que “se recandidatava se pudesse escolher a sua equipa”, o autarca disse: “O Guilherme Duarte estará no próximo executivo municipal”. “Um presidente de Câmara deve poder escolher a sua equipa e nunca ninguém me ouviu dizer que a ia mudar”, continuou Rui Marqueiro, explicando que “é normal um presidente ‘exigir’ escolher as pessoas com quem quer trabalhar, gosta e se dá bem!”.

“Eu, neste momento, assino uma folha em branco aos atuais elementos do executivo e de praticamente todos os funcionários da Câmara. Confio plenamente neles e sei que fazem sempre o melhor que podem”, elogiou ainda.

Juntas de Freguesia: três novas candidaturas e três recandidaturas

E das seis Juntas de Freguesia do concelho da Mealhada há três recandidaturas: João Santos na União de Freguesias da Mealhada,Ventosa do Bairro e Antes; Claudemiro Semedo na Junta do Luso: e João Cidra na Freguesia de Barcouço. As novas “entradas” são Rosalina Nogueira na Junta da Pampilhosa; Nuno Veiga em Casal Comba; e Ricardo Ferreira na Vacariça (declarações dos candidatos mais abaixo).

“Esta equipa tem os melhores e mais habilitados candidatos”

“Esta equipa tem os melhores e mais habilitados candidatos. Temos uma equipa com verdadeira união pois acreditamos que só um todo pode fazer um bom trabalho em prol das pessoas e do seu bem estar”, disse Arminda Martins, presidente da Comissão Política na Mealhada do PS.

Designando de “equipa renovada e com pessoas de vontade”, Arminda Martins enalteceu o facto desta “ser jovem, responsável e onde setenta e cinco por cento dos candidatos têm idades que rondam os quarenta anos”.

“É um gosto trabalhar com este executivo da Câmara”

Também Daniela Esteves proferiu algumas palavras na cerimónia de apresentação: “Aceitei o convite pela experiência boa que foram os últimos anos”. “É um gosto trabalhar com este executivo da Câmara e poder continuar a colaborar em prol do serviço público”, disse a recandidata à Assembleia Municipal.

 

Declarações dos candidatos às Juntas de Freguesia

 

João Santos:

“É um prazer continuar a servir as pessoas. Pretendo fazer muito mais coisas para as pessoas, nesta humilde servidão à causa pública”.

 

Rosalina Nogueira:

“Luto pela dignidade da pessoa humana contribuindo para o bem estar das pessoas e, assim, acabo por me sentir realizada.

Coloco empenho e dedicação em todo o que faço.

A obra faz-se com as pessoas como é o lema do Partido Socialista”.

 

Claudemiro Semedo:

“O meu ideial de vida sempre foi ser presidente de Junta.

Este senhor (Rui Marqueiro) é um exemplo que todos devemos seguir”.

 

Nuno Veiga:

“Estive doze anos na Junta de Casal Comba como tesoureiro e agora aceitei ser candidato num duplo desafio: o de continuar a servir eo de estar a altura da substituição de Manuel Cardoso.

Espero reunir uma equipa ganhadora, pois é uma honra encabeçar uma lista do PS”.

 

João Cidra:

“Os últimos quatro anos foram de trabalho ao encontro das necessidades de Barcouço e de desenvolvimento do concelho da Mealhada.

O programa, que está em vigor no concelho, merece ser continuado.

O partido confia em mim para continuar a liderar a freguesia de Barcouço”.

 

Ricardo Ferreira:

“A freguesia da Vacariça precisa de muito trabalho, muita atenção e penso ter esta capacidade.

Revejo no executivo camarário, pessoas que me podem ajudar a resolver os obstáculos que ai vêm”.

 

Fotografia de Ana Jesus Ribeiro | I CAPHOTO